09 março 2010

→ Você é Confiável?


Confiança, confiança ...Como é necessário confiar e como está difícil hoje em dia confiar nos amigos, na namorada, no namorado, no marido,na esposa, no patrão, na empresa, no vizinho, nas instituições em geral – escola, igreja, governo, etc... Até no pai e na mãe ficou difícil confiar, haja visto casos como os dos Nardonis e tantos outros de mães que jogam seus filhos no Rio, Abusos sexuais por parte de pais, padastros, ou outros tipos de violência em geral...

Mas o que determinava a confiança mútua antigamente? Creio que seriam as regras sociais, a honra (palavrinha sumida do dicionário do cotidiano), a vergonha-na-cara, a palavra dita, o nome colocado como penhor. As regras sociais determinavam “uma certa” tranqüilidade com relação às expectativas que deveríamos ter do outro. Mas a modernidade fez com que estas regras fossem derrubadas definitivamente e fez prevalecer o “ Eu quero”, o “Eu posso” e as regras sociais que serviam como fio condutor da sociedade e das relações passou a ser sinônimo de amarras e correntes. Porém o que de fato passou a enferrujar o sistema relacional vigente e até hoje é assim, foi o “Eu posso, o “Eu quero”. Quem regulava o comportamento do cidadão eram as regras sociais, hoje é a polícia, a justiça, muitas vezes nem estas(que deveriam ser a força) conseguem realizar seu propósito. Mas e nós, somos confiáveis? Você é confiável? Eu sou confiável?

Deus sabiamente nos diz em sua palavra que “Tolo é o homem que confia no homem.” Existem traduções em que diz: “Maldito é o homem que confia no homem”Jeremias 17:5
Portanto nunca há que se confiar no homem, em suas idéias, em suas opiniões, em seus valores pessoais. Somos pó (Gênesis3: 19). O único ser em que podemos confiar de “olhos fechados” é em Deus. Esta palavra me valeu de muito. Confiava demais na opinião dos outros, Mãe, Pai, Namorado, amigos.. Confiei errado. Não é por culpa deles, ou por falha deles, é por que não somos confiáveis. Somos factíveis de erros. Fui tola, fui maldita pra mim mesma e pra outros também.

Portanto aquele amigo do trabalho que você tanto confia..., não é por culpa dele, mas ele não é confiável. Você também não é confiável. Só Deus é confiável. Isso nos dá uma margem de erro boa para os nossos relacionamentos. Isso nos torna possível perdoar e ser também perdoado mais facilmente.

A desconfiança é geral e tem gente que não confia nem em Deus. Jonas, aquele mesmo que ficou três dias na barriga do peixe porque tinha que ir pregar para um povo que era inimigo do seu, não confiou em Deus. Não aceitou que Deus decidiu não acabar com os ninivitas (povo inimigo do seu)e que os perdoou. Jonas não aceitou o julgamento de Deus e pediu para morrer. Muitas vezes não confiamos em Deus e o julgamos, não compreendemos suas atitudes. Esquecemos que Ele é Deus e que tudo sabe. Que é misericordioso e que entende profundamente a nossa natureza, por isso nos perdoa. Somente em Deus podemos nos arriscar, nos lançar.


Deus nos dá ensinamentos práticos para o nosso dia-a-dia. Aprendendo com Deus erramos menos e caminhamos em caminho seguro e plano.

.' Por Drica Horta - Com Algumas Alterações Minhas :D

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. É verdade e a palavra do Senhor complementa mais dizendo:"Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR.Porque será como o arbusto solitário no deserto e não verá quando vier o bem; antes, morará nos lugares secos do deserto, na terra salgada e inabitável.Bendito o homen que confia no SENHOR,e cuja esperança é o Senhor" (Jeremias 17:5-7).
    Como nossa Miss sempre fala as ''pessoas'' são dignas apenas de credibilidade porq nosso verdadeiro e melhor amigo é o Senhor.!Bjão

    ResponderExcluir

Obrigada, pelo comentário lindo!
Deus abençoe! :)